mercado cripto, investimentos, crises, criptomoedas, diversificar carteira

Talkenização #023: Como proteger seu patrimônio no cenário global atual?

calendar_month 03/05/2022

Nos últimos tempos, estamos observando grandes transformações e tensões se formando ao redor do globo. Mas você já parou para pensar em como tudo isso pode afetar o mercado cripto, tradicional e até mesmo o seu patrimônio?

No episódio de hoje do Talkenização, Flávia Jabur recebe Rodolfo Marques, criador do Vamos Pra Bolsa e especialista em cripto, para conversar sobre o cenário global atual e como o mercado cripto é afetado por tudo o que está acontecendo. 

Como o mercado cripto é afetado por essas tensões?

Primeiramente, é importante ter em mente que, quando pensamos em investimentos no mercado cripto, e principalmente, nas criptomoedas, é preciso pensar em prazos maiores e fundamentos por trás de cada ativo. A valorização e desvalorização delas é diferente de moedas fiduciárias, por exemplo.

O mercado cripto ainda é bastante volátil, tendo momentos de muitas altas e de baixas consideráveis, por isso é essencial não se deixar levar pelo emocional quando são observadas mudanças na valorização dos ativos. Seja fiel aos fundamentos do seu investimento e dos seus objetivos a longo prazo.

Mas, por mais que as criptomoedas não sejam necessariamente afetadas pelas crises e tensões globais, o investidor precisa ter uma carteira de investimentos diversificada. Assim, quando as crises chegam, a possibilidade de grandes perdas e prejuízos acontecerem é reduzida, uma vez que o capital está espalhado por diversos tipos de ativos, como criptomoedas, tokens, ações, renda fixa e outros.

Uma dica para diversificar a sua carteira é começar aos poucos com valores baixos para entender como cada tipo de ativo funciona. Teste um pouco da renda fixa, um pouco das criptomoedas, um pouco dos tokens, além de buscar investimentos que caibam em seu perfil de investidor.

Outra grande tecnologia que vem ganhando cada vez mais destaque é o DeFi.

O que é o DeFi?

Podemos entender o DeFi como um conjunto de aplicativos presentes em uma Blockchain que tentam replicar funções de instrumentos presentes no mercado financeiro tradicional, como bolsas de valores, corretoras e outros tipos.

A diferença é que, dentro da Blockchain, não existiriam intermediários e as ações seriam realizadas por softwares, tornando tudo mais rápido e prático, já que esses instrumentos, uma vez instalados na cadeia de blocos, poderiam ser utilizados sem a necessidade de permissões de terceiros.

É a verdadeira proposta do mercado cripto: diminuir cada vez mais a necessidade de intermediários nas transações e colocar o poder na mão de quem mais precisa!

Se interessou? Você pode ficar por dentro de todos os episódios lançados na página oficial do Talkenização!

Quer saber mais sobre o universo da tokenização e dos investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

 

Outros artigos

O que é Alienação Fiduciária, Para que serve a Alienação Fiduciária, Como funciona a Alienação Fiduciária nos investimentos, O que é Cessão Fiduciária, Para que serve a Cessão Fiduciária, Como funciona a Cessão Fiduciária nos investimentos, Vantagens e desvantagens da Alienação e Cessão Fiduciária

O que é Alienação Fiduciária e Cessão Fiduciária: para que servem e como funcionam?

“Alienação Fiduciária” e “Cessão Fiduciária”  são dois termos frequentemente utilizados quando o assunto é investimentos e...

17/05/2024

Saiba mais
A relação entre taxa e rating no Descompliqi a plataforma de conteúdos da Liqi com Decio Bapttista

O que é Rating?: taxa, risco e retorno | Decio Bapttista

Decio Bapttista (Sócio Fundador da Liberum Ratings) aborda a função do rating de crédito e sua importância na avaliação do risco associado a...

10/05/2024

Saiba mais
O que é a área de Token Capital Market (TCM) e como está estruturada; Quais são as principais mudanças que a tokenização traz para o mercado de crédito; Quais são os benefícios para as empresas que optam por antecipar seus recebíveis por meio da tokenização; Como funciona a estruturação de crédito usando a tokenização? É diferente das abordagens tradicionais; E como isso se aplica para a securitização; Quais os principais benefícios; Como a Liqi garante a segurança e a transparência das operações de tokenização realizadas em seu mercado; Quais são os critérios utilizados para avaliar a viabilidade de um ativo financeiro para tokenização; Quando falamos em redução de custos, a gente tem como falar mais ou menos; Qual é o papel da regulamentação na promoção do crescimento do mercado de tokenização de crédito; Como a tokenização pode contribuir para a liquidez do mercado de crédito; Qual a sua visão sobre a tokenização enquanto recurso de crédito no Brasil nos próximos anos; Quais são os diferenciais competitivos da Liqi em relação a outras empresas que atuam no mercado de tokenização de ativos financeiros

O potencial do mercado de crédito tokenizado e a área de Token Capital Market da Liqi

André Pina (Chief Business Officer na Liqi) apresenta o que é a nova área de Token Capital Market (TCM), como ela está estruturada, as principais...

08/05/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.