tokenização, talkenização, podcast, podcast liqi, o que é tokenização

Talkenização #001: O que é a tokenização?

calendar_month 09/11/2021

A tokenização é um conceito relativamente novo, mas que vem ganhando o mercado a cada dia que passa, mostrando que todo mundo pode ter a oportunidade de participar do mundo dos investimentos, de forma democrática e simples.

E, para dar o pontapé inicial no nosso podcast, o Talkenização, recebemos o CEO da Liqi, Daniel Coquieri e o CMO da Liqi, Felippe Percigo, que comandarão o bate-papo, falando mais sobre o que é a tokenização!

O que é um token?

Antes de falar sobre o que é a tokenização, precisamos entender o que é um token, principalmente por ser algo relativamente novo e que o mercado ainda está começando a entender mais sobre.

Basicamente, um token é a representação digital de uma fração de ativo físico ou instrumento financeiro na Blockchain. Mas, além disso, um token também representa uma interface na Blockchain, programada com todas as regras de um contrato financeiro, conhecido como Smart Contract, ou contrato inteligente.

O que pode ser tokenizado?

Podemos pensar que um token precisa, necessariamente, representar um ativo físico, mas não é verdade. Existem instrumentos financeiros, como a CPR (Cédula de Produtor Rural), que não é um ativo físico, que foram tokenizados pela Liqi no passado.

Se pensarmos em ativos físicos, praticamente qualquer tipo de ativo pode ser tokenizado, como imóveis, por exemplo. Imagine um apartamento que custe R$ 1 milhão. Para você ser dono desse imóvel, precisa desembolsar a quantia toda ou fazer um financiamento.

Agora, pense se fosse possível representar esse imóvel na Blockchain com milhares de tokens e você ter a oportunidade de comprar 1% do imóvel através dos tokens. Com uma quantia menor, você poderia “ser dono” de 1% desse apartamento e, caso ele valorizasse ao longo do tempo, teria ganhos. Ou, caso ele fosse alugado, você receberia uma quantia de acordo com a quantidade de tokens adquiridos.

Entretanto, seria necessário uma boa governança para se discutir como funcionaria o gerenciamento do imóvel. Como Daniel disse no episódio, “não é só tokenizar e correr para o abraço”. Felippe completa dizendo que “tudo pode ser tokenizado, mas nem tudo convém ser tokenizado”. É preciso ver se o tamanho do desafio ao tokenizar um ativo valerá o esforço.

Como funciona o processo de tokenização?

O primeiro passo para tokenizar um ativo é avaliar se faz sentido, do ponto de vista mercadológico, tokenizá-lo. Em seguida, é necessário realizar a estruturação jurídica, uma vez que o token, mesmo sendo uma representação digital, precisa ter valor jurídico para quem investe nele.

A etapa seguinte é a emissão do token, em que é escolhida qual a Blockchain que faz mais sentido para a operação. É aqui que o token “nasce”. Daí surgem diversos desafios, como a forma de distribuição desse token, como ele será liquidado e muito mais.

Por que fazer parte do mundo da tokenização?

O mercado financeiro está se transformando cada vez mais e os tokens, assim como as criptomoedas, estão cada vez mais presentes em nossas vidas.

A principal vantagem para quem quer tokenizar é a facilidade de liquidez, ou seja, ele consegue pegar o seu ativo que, antes, talvez, gerasse uma baixa liquidez, e aumentar os ganhos.

Além disso, quando você tokeniza seu ativo, não há a necessidade de intermediários entre quem tokeniza e o investidor final, gerando poucas perdas ao longo da cadeia de investimentos.

A tokenização representa a democratização dos investimentos, permitindo que mais pessoas possam investir nos tokens com baixos valores e que tenham mais retornos, uma vez que há a desintermediação do processo.

Se interessou? Você pode ficar por dentro de todos os episódios lançados na página oficial do Talkenização!

Quer saber mais sobre o universo da tokenização e dos investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

Outros artigos

Qual a diferença entre Tipos e Perfis de Investidor, O que define os 3 perfis de investidor relacionados a risco, O que é o tipo de Investidor Qualificado, Quais são as vantagens para os Investidores Qualificados, Como se tornar um investidor qualificado, O que é o tipo de Investidor Profissional, O que é o tipo de Investidor Institucional, O que é o tipo de Investidor de Varejo, Quais tipos de investimentos estão disponíveis para o Investidor de Varejo

Tipos de investidores: qualificado, profissional, institucional e de varejo

Quando se trata de investimentos, conhecer a sua categoria de tipo de investidor pode abrir portas para diversas oportunidades financeiras. Os...

13/06/2024

Saiba mais

Como funcionam as DLTs e Blockchain? | Tatiana Revoredo

Tatiana Revoredo explica quais as principais diferenças entre as blockchain públicas e as blockchains privadas (conhecidas como DLTs). Segundo...

07/06/2024

Saiba mais
O que é uma securitizadora e qual o seu papel no mercado financeiro, O que é securitização, Que tipos de ativos podem ser securitizados, como CRA, CRI, Debênture e Certificado de Recebíveis, Quais são os principais pilares da securitização, Qual é o processo de securitização, Por que investir em títulos securitizados e Quais são as tendências para o futuro da securitização com o uso de blockchain e tokenização.

O que é securitização, o que fazem as securitizadoras e qual sua importância para o mercado financeiro?

A securitização é um processo financeiro complexo, mas essencial no mundo moderno dos investimentos e finanças. Vamos descomplicar o tema e...

05/06/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.