proof of work, pow, prova de trabalho, criptoativos, bitcoin

Saiba o que é Proof of Work (PoW)!

calendar_month 14/04/2022

Quando pensamos na tecnologia Blockchain, existem diversos tipos de mecanismos de consenso, que são procedimentos em que todos os pares dessa rede de cadeias de blocos chegam a um acordo comum sobre o estado atual do livro contábil distribuído. Se tomarmos como exemplo o Bitcoin, ele utiliza o Proof of Work (PoW, ou prova de trabalho). Mas o que é essa prova? Continue lendo o artigo e descubra!

O que é a Blockchain?

De forma bem simples, podemos entender a essência da Blockchain como um software que roda em servidores descentralizados ao redor do globo, que possuem todas as informações das transações registradas e permitem o acesso em qualquer lugar do mundo. 

Essa cadeia de blocos (traduzindo o termo para o português) se chama assim justamente porque consiste em vários blocos que formam uma cadeia imutável, cada um deles contendo informações das transações. De tempos em tempos, novos blocos são criados e se juntam à ela.

Muito se pergunta sobre a segurança da Blockchain no mercado. E, se pararmos para pensar que ela funciona como um livro contábil que deixa tudo registrado com relação às transações, além do fato de ela ser uma cadeia imutável, podemos, sim, afirmar que a Blockchain é segura.

Também é importante ressaltar que a Blockchain é um veículo para que diferentes agentes do mercado possam se conectar sem a necessidade de intermediários para confiar as informações das transações.

Como surgiu o Proof of Work (PoW)?

O conceito nasceu em 1993, através do artigo científico sobre funções vinculadas à memória para combater spam, publicado por Cynthia Dwork e Moni Naor, em que eles buscam introduzir um novo método para combate ao envio de e-mails de spam. Essas mensagens utilizam a energia do computador para serem enviadas.

Basicamente, no artigo, era sugerido que você provasse que queria enviar um e-mail que não fosse spam através de uma prova de gasto de segundos de tempo de CPU apenas para o envio ao destinatário e para a mensagem, por exemplo.

Entretanto, o termo “Proof of Work” foi introduzido em 1999, em um artigo publicado com Markus Jakobsson e Ari Juels. Na publicação, a notação foi criada com o objetivo de caracterizar uma prova de trabalho (PoW), que seria um protocolo no qual um provedor demonstraria a um verificador que o nível de esforço computacional em um intervalo de tempo específico seria uma prova de que não se tratava de spam.

Mesmo assim, o protocolo não ganhava o devido destaque até o ano em que Satoshi Nakamoto lançou o whitepaper do Bitcoin. Isso porque o PoW era a ideia principal por trás dele.

Graças ao Proof of Work, Nakamoto conseguiu introduzir toda a ideia de como o ele pode ser usado para permitir um consenso distribuído e confiável de criptomoedas.

Como o PoW funciona?

O Proof of Work é um algoritmo de consenso para que seja possível que pessoas possam verificar a veracidade de dados. O Bitcoin utiliza o sistema de Proof of Work Hashcash, que, inicialmente, servia para combater spammers. Nakamoto trouxe o conceito para as transações da sua criptomoeda.

É graças ao PoW que existe uma garantia de que os blocos não possam ser adicionados à uma Blockchain sem que a verificação e validação de todos os dados sejam feitas. Assim, a rede de blocos se torna segura e protegida de pessoas maliciosas que tentem hackear o sistema. E caso alguém tentasse, os mineradores responsáveis pela validação identificariam o bloco e o descartariam.

Esperamos que você tenha entendido o papel importantíssimo que o Proof of Work tem em uma rede de Blockchain. E se você quer ficar por dentro do universo cripto, siga a Liqi no Instagram e em nosso canal do YouTube!

Outros artigos

Qual a diferença entre Tipos e Perfis de Investidor, O que define os 3 perfis de investidor relacionados a risco, O que é o tipo de Investidor Qualificado, Quais são as vantagens para os Investidores Qualificados, Como se tornar um investidor qualificado, O que é o tipo de Investidor Profissional, O que é o tipo de Investidor Institucional, O que é o tipo de Investidor de Varejo, Quais tipos de investimentos estão disponíveis para o Investidor de Varejo

Tipos de investidores: qualificado, profissional, institucional e de varejo

Quando se trata de investimentos, conhecer a sua categoria de tipo de investidor pode abrir portas para diversas oportunidades financeiras. Os...

13/06/2024

Saiba mais

Como funcionam as DLTs e Blockchain? | Tatiana Revoredo

Tatiana Revoredo explica quais as principais diferenças entre as blockchain públicas e as blockchains privadas (conhecidas como DLTs). Segundo...

07/06/2024

Saiba mais
O que é uma securitizadora e qual o seu papel no mercado financeiro, O que é securitização, Que tipos de ativos podem ser securitizados, como CRA, CRI, Debênture e Certificado de Recebíveis, Quais são os principais pilares da securitização, Qual é o processo de securitização, Por que investir em títulos securitizados e Quais são as tendências para o futuro da securitização com o uso de blockchain e tokenização.

O que é securitização, o que fazem as securitizadoras e qual sua importância para o mercado financeiro?

A securitização é um processo financeiro complexo, mas essencial no mundo moderno dos investimentos e finanças. Vamos descomplicar o tema e...

05/06/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.