metaverso, futuro, tecnologia, criptoativos

Metaverso: quais as principais tecnologias estarão presentes no futuro?

calendar_month 17/02/2022

Cada dia que passa, vemos como a tecnologia se transforma e novos mecanismos cada vez mais sofisticados surgem para tornar as experiências digitais do usuário cada vez mais realistas, interativas e imersivas. E um dos conceitos que está em ascensão nos últimos tempos e é uma grande tendência do futuro é o metaverso.

Mas que tipos de tecnologias estarão presentes nesse novo universo digital? É o que você vai saber ao longo do artigo. Boa leitura!

O que é o metaverso?

O termo “metaverso” pode ser entendido como uma espécie de universo virtual que, com o auxílio de dispositivos digitais, tenta emular a realidade da forma mais fiel possível. Através da combinação das Realidades Virtual e Aumentada e da Internet, o metaverso tem o objetivo de ser um espaço coletivo e virtual compartilhado entre os usuários, fornecendo experiências imersivas e interativas, além de recriar experiências reais utilizando a integração de diversas ferramentas em um universo bastante vasto e cheio de possibilidades.

Como a tecnologia estará presente nesse universo?

Os primeiros vislumbres do metaverso surgiram com o jogo Second Life, em 2003, e, hoje em dia, no universo dos videogames, podemos observar pequenas amostras do seu potencial.

Em jogos, como Fortnite e Roblox, por exemplo, os jogadores podem interagir com pessoas do mundo todo utilizando avatares personalizáveis, realizando transações dentro do universo do jogo e tendo experiências individuais conforme jogam. Além disso, existem jogos play-to-earn, em que as pessoas gastam algumas horas por dia jogando e podem ser recompensados com criptoativos.

Além das empresas de videogames, outras gigantes estão de olho no metaverso, como o Facebook, que mudou o nome para Meta recentemente, a Microsoft e até mesmo aquelas de outros ramos, como da moda, com a presença da Adidas, Prada, Gap e outras.

Entre as tecnologias usadas para fazer o metaverso funcionar, podemos citar os recursos de Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Inteligência Artificial, hologramas, NFTs (tokens não fungíveis), Blockchain, criptoativos, Smart Contracts e muitas outras. 

Entretanto, o metaverso ainda está dando seus primeiros passos e a novidade virá aos poucos para os usuários. De acordo com estimativas do CEO do Meta, Mark Zuckerberg, pode levar de 5 a 10 anos para que apenas as principais características do conceito do metaverso se tornem comuns entre os usuários.

Mesmo assim, alguns aspectos do metaverso já estão presentes em nossas vidas, como falamos acima, através de universos virtuais de games, óculos de realidade virtual, transações com criptoativos e outros.

O metaverso no estágio atual pode soar um pouco estranho, incomum e utópico, mas, conforme o tempo for passando, você verá que tudo faz sentido e é bem mais simples do que parece.

Quer ficar por dentro das novidades sobre o metaverso, os criptoativos e as transformações digitais? Não deixe de seguir a Liqi no Instagram!

Outros artigos

O que é Alienação Fiduciária, Para que serve a Alienação Fiduciária, Como funciona a Alienação Fiduciária nos investimentos, O que é Cessão Fiduciária, Para que serve a Cessão Fiduciária, Como funciona a Cessão Fiduciária nos investimentos, Vantagens e desvantagens da Alienação e Cessão Fiduciária

O que é Alienação Fiduciária e Cessão Fiduciária: para que servem e como funcionam?

“Alienação Fiduciária” e “Cessão Fiduciária”  são dois termos frequentemente utilizados quando o assunto é investimentos e...

17/05/2024

Saiba mais
A relação entre taxa e rating no Descompliqi a plataforma de conteúdos da Liqi com Decio Bapttista

O que é Rating?: taxa, risco e retorno | Decio Bapttista

Decio Bapttista (Sócio Fundador da Liberum Ratings) aborda a função do rating de crédito e sua importância na avaliação do risco associado a...

10/05/2024

Saiba mais
O que é a área de Token Capital Market (TCM) e como está estruturada; Quais são as principais mudanças que a tokenização traz para o mercado de crédito; Quais são os benefícios para as empresas que optam por antecipar seus recebíveis por meio da tokenização; Como funciona a estruturação de crédito usando a tokenização? É diferente das abordagens tradicionais; E como isso se aplica para a securitização; Quais os principais benefícios; Como a Liqi garante a segurança e a transparência das operações de tokenização realizadas em seu mercado; Quais são os critérios utilizados para avaliar a viabilidade de um ativo financeiro para tokenização; Quando falamos em redução de custos, a gente tem como falar mais ou menos; Qual é o papel da regulamentação na promoção do crescimento do mercado de tokenização de crédito; Como a tokenização pode contribuir para a liquidez do mercado de crédito; Qual a sua visão sobre a tokenização enquanto recurso de crédito no Brasil nos próximos anos; Quais são os diferenciais competitivos da Liqi em relação a outras empresas que atuam no mercado de tokenização de ativos financeiros

O potencial do mercado de crédito tokenizado e a área de Token Capital Market da Liqi

André Pina (Chief Business Officer na Liqi) apresenta o que é a nova área de Token Capital Market (TCM), como ela está estruturada, as principais...

08/05/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.