metaverso, empresas, oportunidades, criptoativos, criptoativo, meta

Metaverso: como as empresas podem aproveitar esta oportunidade!

calendar_month 03/03/2022

Com certeza um dos grandes conceitos que vêm ganhando destaque, quando pensamos nas grandes transformações digitais, é o metaverso. Já existem diversas empresas de olho nesse universo digital, em busca de oportunidades para expandirem seus negócios.

Neste artigo, iremos mostrar como as empresas podem tirar proveito do metaverso e se destacar nos próximos anos. Boa leitura!

O que é o metaverso?

Podemos entender o metaverso como uma combinação de vários elementos de tecnologia, incluindo realidade virtual, realidade aumentada e vídeo onde os usuários “vivem” dentro de um universo digital.

Os adeptos desse universo digital imaginam seus usuários trabalhando, tocando e mantendo contato com amigos em tudo, desde shows e conferências até viagens virtuais ao redor do mundo.

Como as empresas podem aproveitar o metaverso?

Primeiramente, é importante ter em mente que ele ainda está dando seus primeiros passos. Muitas coisas novas estão por vir. Pense, por exemplo, nos primórdios da internet, baseada em textos, lenta, sem vídeos e em quanto tempo demorou para chegarmos aonde estamos.

Mas já existem diversas aplicações do metaverso no dia a dia, se olharmos com atenção ao nosso redor. 

Se pararmos para pensar, o Teams da Microsoft ou o Zoom já são uma forma de metaverso. Você “está lá” na sala, mas você pode ser uma imagem estática, um avatar ou um vídeo ao vivo. Ou seja, é um conceito mais amplo de “fazer com que as pessoas se aproximem”.

E pode ser usado para muitas coisas, como reuniões, integração e onboarding, treinamentos e até visitas a fábricas ou escritórios. Na verdade, quase todos os programas de RH ou de talentos podem ser reconfigurados para o metaverso. O melhor é que, se você usar os óculos de realidade aumentada, o metaverso é de fato completamente imersivo.

Já temos, também, MMOs (Massive Multiplayer Online), que são essencialmente mundos virtuais inteiros, concertos digitais, videochamadas com pessoas de todo o mundo, avatares online e plataformas de comércio. 

Podemos citar outros aspectos do metaverso já em circulação, como velocidades de banda larga ultra-rápidas, fones de ouvido de realidade virtual e mundos on-line persistentes que já estão em funcionamento, mesmo que não sejam acessíveis a todos.

Além disso, ainda existem muitas aplicações mais ousadas para acontecer. Tokens, NFTs e criptomoedas farão parte do metaverso, permitindo com que a gente compre, possua, licencie e proteja nossos ativos digitais.

Qual o cenário do futuro?

Mas, para que o conceito principal do metaverso se torne uma realidade acessível a todos, ainda falta muito tempo. Mark Zuckerberg, CEO do Meta (antigo Facebook), estima que pode levar de 5 a 10 anos até que as principais características se tornem comuns. 

As marcas já estão adquirindo imóveis valiosos (“espaços virtuais”) em videogames. A Nike, por exemplo, acaba de patentear produtos digitais, portanto, eles venderão produtos digitais no futuro.

Antes de achar que estamos em um pesadelo distópico, considere os aspectos positivos dessas mudanças.  Muitas das tecnologias que estamos construindo há anos (blockchain, VR, AR, sensores, câmeras, 5G) estão agora se unindo. 

O Metaverso que conhecemos hoje pode parecer estranho ou incomum no início, mas logo você verá aplicações reais chegando.

Quer se manter atualizado sobre o metaverso e o mundo dos criptoativos? Não deixe de seguir a Liqi no Instagram!

Outros artigos

Brasil está à frente da Europa na tokenização!

No Brasil, estamos testemunhando um ambiente propício ao desenvolvimento da tokenização, com empreendedores relatando um terreno fértil para...

30/11/2023

Saiba mais
Visão inovadora: Itaú e a Blockchain; Planos de negócios em Digital Assets; Tokenização: o futuro dos contratos inteligentes; Projeto Piloto TIDC: parcerias e desenvolvimento regulatório; Do descentralizado ao híbrido: o novo paradigma; Parcerias estratégicas: impulsionando a inovação

Quais os planos do Itaú para blockchain, tokenização e cripto? Com Guto Antunes

Descubra as iniciativas do Itaú Unibanco em Blockchain e Digital Assets discutidas no último Talkenização, o podcast da Liqi. Guto Antunes,...

22/11/2023

Saiba mais
Diferenças entre DLT e Blockchain com Tatiana Revorado podcast Talkenização

Quais as diferenças entre DLT e Blockchain? | com Tatiana Revoredo

Tatiana Revoredo (especialista em blockchain pela Oxford e MIT) explica a diferença entre blockchain e DLT, como funcionam, quais as vantagens e...

17/11/2023

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.