inverno cripto, o que é inverno cripto, como se proteger do inverno cripto, criptoativos

Inverno cripto: tudo o que você precisa saber sobre ele!

calendar_month 16/12/2021

Investir em qualquer tipo de ativo pode apresentar riscos, uma vez que o mercado é bastante volátil. E, com os criptoativos, não é diferente. Um dos eventos conhecidos para quem está presente nesse universo é o inverno cripto. Já ouviu falar?

Neste artigo, iremos falar mais sobre o que é o inverno cripto, para que você entenda melhor e esteja preparado para quando ele chegar.

O que é o inverno cripto?

Um dos grandes erros cometidos até mesmo por grandes investidores é se apegarem ao momento e não fazerem planejamentos a longo prazo, o que acaba afetando seus rendimentos, podendo gerar até grandes perdas.

Quando se trata do universo cripto, que é bastante novo, é fundamental ter cautela antes de se jogar de cabeça, porque precificar esse mercado é bem mais difícil que o tradicional, além das distorções serem mais comuns.

As criptomoedas, por exemplo, são conhecidas por serem criptoativos extremamente voláteis. E, mesmo com a mudança constante, os 5 estágios de um ciclo podem ser identificados nesse mercado também e são eles: euforia, depressão, esperança, otimismo e crença.

Entretanto, por conta do Halving do Bitcoin, esse ciclo é bem mais evidente e pode ser bastante intenso. A cada quatro anos, a emissão de Bitcoin cai pela metade, com a percepção de escassez influenciando os investidores do mundo todo.

O Halvin do Bitcoin é um evento programado para tornar a emissão de novas moedas cada vez menor, dando, então, escassez ao Bitcoin. De acordo com Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, foi determinado que, a cada 210 mil novos blocos gerados (aproximadamente de 4 em 4 anos), a recompensa dada aos mineradores seja reduzida em 50%. 

Por não ter um grande histórico no mercado financeiro, como é o caso do mercado de ações, o Bitcoin, criado em 2008, não conta um grande período para realizar análises e tirar conclusões e lições sobre o seu funcionamento. O inverno cripto faz parte da análise de funcionamento do mercado cripto.

Como ele funciona?

O inverno cripto funciona da seguinte maneira: quando o Bitcoin encerra o ciclo de alta, ao ser impulsionado pelo Halving, ocorrem grandes quedas no mercado.

As quedas podem ser motivadas por diversos motivos, como, por exemplo, pessoas querendo reaver seus lucros, sair do mercado, não acreditarem na tecnologia para longo prazo…

Quando as quedas são bruscas, os traders mais otimistas que operam alavancados são liquidados e ajudam a puxar a cotação do Bitcoin ainda mais para baixo.

Mas, para quem conhece o mercado cripto, sabe que, até aí, tudo bem. O problema de verdade acontece quando o mercado entra na fase de “depressão”.

Como se proteger no inverno cripto?

Para se proteger do inverno cripto, você pode tomar algumas decisões, que vão depender do seu perfil de investidor.

Caso você esteja focando seus investimentos no longo prazo, o momento em que ocorre o inverno cripto é a hora para fazer bons novos aportes. Você pode, por exemplo, separar uma parcela de Bitcoin para deixar sem mexer na sua carteira, aportando, mensalmente, mais Bitcoins nela.

Caso você possua alguma parte do seu patrimônio voltada para a especulação do mercado, durante o inverno cripto pode ser interessante sair de algumas posições, ficar em outras menos arriscadas por um tempo e, depois, recomprar os projetos do seu interesse por preços melhores.

Qual o melhor dia para vender? Não tem como saber. Por isso é essencial montar uma estratégia de liquidação, saindo aos poucos do mercado quando você ver que ele está esticado demais.

O inverno cripto vai chegar, uma hora ou outra. Não tem como prever quando ocorrerá. Mas, com as nossas dicas, você poderá manter-se tranquilo e se preparar para montar as melhores estratégias, sem ser pego de surpresa pela baixa do mercado e sem precisar tomar atitudes por impulso.

Quer saber mais sobre o universo da tokenização, dos criptoativos e investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

Outros artigos

O que é a Hyperledger Besu. Quais os casos de uso da Hyperledger Besu. Em quais setores a Hyperledger Besu pode ser utilizada? .Por que a Hyperledger Besu foi escolhida para o Drex (Real Digital).

Hyperledger Besu: como funciona, quais as aplicações e vantagens?

A Hyperledger Besu foi a DLT escolhida pelo Banco Central para o projeto piloto do Drex (também chamado de Real Digital). No mais novo episódio do...

21/02/2024

Saiba mais
Quem é a ABcripto? Qual o papel da ABcripto? Criptoeconomia brasileira. Autorregulamentação ABcripto. Regulamentação cripto no Brasil. Segurança cripto. Bernardo Srur ABcripto. Talkenização podcast Liqi. Cripto é seguro? Tokens são seguros? Investir em ativos financeiros com segurança. Associados ABcripto.

Regulamentação cripto: o papel da ABCripto no mercado financeiro brasileiro

A ABCripto é uma entidade brasileira fundada em 2018 com o objetivo de unir empresas do ecossistema dos criptoativos e blockchain para a...

07/02/2024

Saiba mais
O que são Tokens? Tokens de recebíveis. Renda fixa digital. RFD MB. Mercado Bitcoin renda fixa. Investimento 2024. Investimento acima do CDI. Dica de investimento. Dica de renda fixa. Como funcionam os tokens? Tokens são criptomoedas? Investimentos na blockchain. Investimentos seguros. Investimentos sem volatilidade.

Conheça os Tokens: uma alternativa digital à renda fixa tradicional na blockchain

A renda fixa é um dos modelos mais tradicionais de investimentos de baixo risco, diretamente atrelada à Selic, a taxa básica de juros do Brasil,...

01/02/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.