diferença entre tokens e ações; investir em tokens, investir em ações, como funciona investir em ações. Saiba mais sobre a diferença entre Tokens e Ações e entenda o que são, como facilitam a negociação de equity e qual a diferença nas oferta públicas IPO e STO

Qual é a diferença entre Tokens e Ações?

calendar_month 07/05/2021

Afinal, qual é a diferença entre tokens e ações? 

Agora que investir em tokens está se tornando mais comum no Brasil, muitas pessoas ainda não entendem como ele se difere do investimento em ações.

Preparamos este artigo completo para que você saiba:

  • O que são tokens e ações
  • Equity: a semelhança entre tokens e ações
  • As principais diferenças entre tokens e ações
  • Diferença no lançamento: IPO vs STO

Vamos lá?

Qual a diferença entre Tokens e Ações?

Antes de começarmos a falar sobre a diferença entre ações e tokens, é importante ressaltar que existem 4 principais tipos de tokens.

Aqui, vamos nos focar sobretudo nos Security Tokens, que representam o direito de participação de empresas, possuem regulamentação bem definida e são os que mais se aproximam das ações.

Também é importante sempre acompanhar as atualizações acerca dos STOs que serão discutidos mais para a frente, já que suas regras podem ser modificadas com o tempo ou dependendo da região.

Dito tudo isso, vamos começar pela definição dos conceitos.

O que são tokens?

Tokens são criados em blockchains já existentes e podem representar diferentes ativos, desde empreendimentos imobiliários até obras de artes digitais. Eles são negociados com facilidade a partir da tecnologia dos Smart Contracts.

Como os tokens são capazes de representar qualquer ativo, eles podem ser usados como ativos digitais, cotas de uma empresa ou acesso a certos projetos.

Os Security Tokens são aqueles que o valor está atrelado a um ativo que pode ser negociado e ter alterações em seu próprio valor. Por isso, frequentemente são comparados às ações.

O que são ações?

Ações são frações de uma empresa ou organização que são distribuídas entre os donos para representar suas posses. Dessa forma, somando todas as ações, você encontra o valor da empresa que elas representam.

Muitas empresas são definidas como de “capital aberto”, o que significa que elas distribuíram suas ações para serem negociadas na bolsa de valores

Se o valor dessas partes aumenta, todos os donos têm suas ações valorizadas e, em certos casos, podem receber dividendos.

Até aqui, você deve ter percebido que existe algo em comum entre as ações e os tokens que representam participação em empresas.

Vamos falar um pouco mais sobre isso.

Equity: a semelhança entre tokens e ações

Nos investimentos tradicionais de equity, uma pessoa pode possuir parte de um negócio ao investir em ações do mesmo. Possuir uma ação é prova de que você possui uma porcentagem da empresa que ela representa.

Mas por que é vantajoso para as empresas abrir mão de partes de seu equity?

O principal objetivo de uma empresas ao disponibilizar ações é arrecadar fundos. Dependendo do estágio do negócio, a oferta de ações pode acontecer por meio de corretoras, bolsa de valores ou IPO.

Como dissemos acima, ao investir em ações, você está se tornando dono da empresa. Isso não significa que você é diretamente dono dos objetos físicos ou materiais que fazem parte dela.

As ações são divididas em duas categorias dependendo do que oferecem:

  • Ação ordinária: oferecem aos investidores direito a voto e dividendos. No entanto, os acionistas ordinários são pagos depois dos acionistas preferenciais, credores e detentores de títulos. Geralmente, são aquelas terminadas em 3.
  • Ação preferencial: os investidores frequentemente não têm direito a voto, mas têm prioridade no recebimento de ganhos, dividendos e em caso de falência. Geralmente, são aquelas terminadas em 4.

A função básica das ações é a mesma dos tokens, eles são apenas uma invenção relativamente recente que foi possibilitada pela blockchain. 

Sendo assim, os tokens também podem representar o equity de uma empresa e o direito sobre a mesma. Porém, quem possui um token não é considerado sócio, mas detentor.

E, assim como as ações, existem tokens para representar a participação de empresas de duas maneiras diferentes, tanto a possibilidade de remuneração quanto de tomada de decisão.

Agora que entendemos o que os tokens e as ações têm em comum, vamos entender definitivamente a diferença.

Entendendo a diferença entre Tokens e Ações

As principais diferenças entre tokens e ações estão no modo em que são negociadas, nos custos para o investidor, na presença de intermediários e no modo como são lançadas no mercado.

Veja a seguir de quais maneiras investir em ações e investir em tokens se diferenciam.

Onde são criadas

A primeira diferença entre tokens e ações é onde são criadas.

Os tokens são elaborados a partir da tecnologia blockchain, enquanto as ações não.

Devido ao uso da blockchain, é possível também associar os Smart Contracts que oferecem uma garantia jurídica ainda maior aos tokens.

Prova de propriedade

A prova de propriedade de ações geralmente é feita por meio de uma corretora ou diretamente no registro da empresa

Com os tokens, no entanto, os próprios investidores podem guardar a propriedade, uma vez que é possível armazenar tokens em uma carteira pessoal do blockchain. 

Venda

A diferença entre tokens e ações que mais chama a atenção é o modo como funciona a venda desses ativos.

Para vender ações, a negociação precisa ser intermediada por uma corretora e vendida em uma bolsa de valores

Os tokens podem ser vendidos rapidamente em sistemas de negociação de Security Tokens regulamentados.

Além disso, diferentemente das ações, as negociações de tokens podem ocorrer 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Registros

Diferentemente das ações, os tokens têm suas transações registradas em blockchain.

Essa rede armazena todas as informações mais importantes, como emissor, destinatário, valor e data. E ela é imutável, então, não pode ser fraudada.

Legislação

Atualmente, ainda existe certa indeterminação legal e regulatória em torno dos tokens, o que não é o caso das ações.

Isso acarreta em mais incertezas para os investidores, mas a regulamentação está avançando cada vez mais devido à popularização da tokenização em todo o mundo.

Por fim, a última diferença entre tokens e ações está relacionada com seus lançamentos, o que falaremos a seguir.

IPO e STO: a diferença entre tokens e ações no lançamento

O lançamento da oferta de um novo Security Token é chamado de STO (Security Token Offering) e cada país possui suas próprias regulamentações.

Se você participar do STO, poderá adquirir participação acionária na empresa. Em troca, você receberá uma quantidade definida de tokens.

O STO é parecido com o IPO (Initial Public Offering), no qual uma empresa oferece publicamente suas ações para serem adquiridas.

As empresas privadas já têm acionistas, principalmente fundadores, primeiros investidores e investidores venture, mas continuam sendo empresas privadas nesta fase (sem capital aberto). 

O IPO é o modo de permitir que qualquer pessoa possa negociar e investir em ações da empresa.

A principal diferença entre tokens e ações neste aspecto é o tamanho das operações e a praticidade de realizar a oferta pública.

Os IPOs normalmente envolvem empresas privadas relativamente grandes que estão abrindo o capital (por exemplo, avaliações privadas de 1 bilhão de dólares). Já os STOs podem ser feitos em escalas menores muito mais facilmente.

Mas isso não é tudo! Vamos falar abaixo sobre outras 3 vantagens do STO.

Agilidade

O STO permite que empresas tenham a oportunidade de obter tokens (que funcionam como ações) negociáveis em uma bolsa mais rapidamente

Para uma empresa, ir da fase inicial até o ponto em que possa lançar um IPO de sucesso pode levar muito mais tempo.

Praticidade

Um STO oferece um caminho mais rápido para a negociação do equity de uma empresa. 

Uma startup que faz um STO tem tokens que já podem ser negociados livremente

Por outro lado, uma start-up regular sem um STO ou IPO tem ações que podem não ser tão fáceis de comprar e vender.

Democratização

Investir em ações de capital privado pela bolsa de valores pode exigir muito dinheiro para participar. 

No caso de um STO, investir em tokens é mais acessível, pois pode ter um limite muito mais baixo.

Agora você conhece as principais diferenças entre tokens e ações. 

Quer saber mais sobre os investimentos em tokens? Acompanha o perfil da Liqi no Instagram!

Outros artigos

Qual a diferença entre Tipos e Perfis de Investidor, O que define os 3 perfis de investidor relacionados a risco, O que é o tipo de Investidor Qualificado, Quais são as vantagens para os Investidores Qualificados, Como se tornar um investidor qualificado, O que é o tipo de Investidor Profissional, O que é o tipo de Investidor Institucional, O que é o tipo de Investidor de Varejo, Quais tipos de investimentos estão disponíveis para o Investidor de Varejo

Tipos de investidores: qualificado, profissional, institucional e de varejo

Quando se trata de investimentos, conhecer a sua categoria de tipo de investidor pode abrir portas para diversas oportunidades financeiras. Os...

13/06/2024

Saiba mais

Como funcionam as DLTs e Blockchain? | Tatiana Revoredo

Tatiana Revoredo explica quais as principais diferenças entre as blockchain públicas e as blockchains privadas (conhecidas como DLTs). Segundo...

07/06/2024

Saiba mais
O que é uma securitizadora e qual o seu papel no mercado financeiro, O que é securitização, Que tipos de ativos podem ser securitizados, como CRA, CRI, Debênture e Certificado de Recebíveis, Quais são os principais pilares da securitização, Qual é o processo de securitização, Por que investir em títulos securitizados e Quais são as tendências para o futuro da securitização com o uso de blockchain e tokenização.

O que é securitização, o que fazem as securitizadoras e qual sua importância para o mercado financeiro?

A securitização é um processo financeiro complexo, mas essencial no mundo moderno dos investimentos e finanças. Vamos descomplicar o tema e...

05/06/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.