antifragilidade, investimentos, criptoativos, tokenização, investir, o que é antifragilidade

O que é antifragilidade e como ela pode impulsionar seus investimentos?

calendar_month 09/12/2021

Você já ouviu falar do conceito de antifragilidade? É um conceito que vem ganhando força entre as pessoas que estão antenadas às mudanças no universo dos investimentos. Além disso, a antifragilidade se estende além do mercado financeiro, podendo impactar até mesmo o cotidiano das pessoas. 

Continue lendo e entenda como a antifragilidade pode impulsionar seus investimentos no futuro. Boa leitura!

Qual é o conceito da antifragilidade?

O conceito da antifragilidade foi cunhado pelo filósofo Nassim Nicholas Taleb, e diz respeito a algo que, em momentos de crise e cenários conturbados e caóticos, ao invés de quebrar, se fortalece mais, diferente do que é frágil (que pode quebrar facilmente) ou resistente (que também pode quebrar, mesmo com mais dificuldade).

E é inegável que, se tem algo que ganhou notoriedade ao longo dos anos e pode ser classificado como antifrágil é o “rei” dos criptoativos, o Bitcoin. Podemos considerar a criação da Blockchain e das criptomoedas a verdadeira revolução na forma de realizar negócios, tão grande quanto a criação do próprio dinheiro.

Por que os criptoativos podem ser considerados antifrágeis?

Os criptoativos são novos tipos de ativos, que funcionam de forma descentralizada e que podem proporcionar as mais diversas oportunidades no campo dos negócios

O fato de os criptoativos serem descentralizados é a chave para tornar todo o sistema antifrágil. Isso porque, em momentos de crises no mercado, o ideal é que um sistema antifrágil seja distribuído e, não, concentrado. Assim, os criptoativos podem se fortalecer cada vez mais.

Como trazer a antifragilidade para os seus investimentos?

Os criptoativos trazem o que chamamos de democratização dos investimentos, permitindo que mais pessoas possam entrar de cabeça no mundo dos investimentos sem precisar possuir grandes quantias de dinheiro ou muitos patrimônios.

Você pode trazer a antifragilidade para seus investimentos simplesmente entendendo como o mercado funciona e as maneiras de proteger seus investimentos, ao mesmo tempo em que aloca parte do seu capital em investimentos mais arriscados, se for o seu perfil de investidor.

A seguir, separamos algumas dicas de como impulsionar seus investimentos aplicando o conceito da antifragilidade!

Estude sobre o mercado financeiro

O conceito da antifragilidade exige um certo nível de conhecimento, mesmo podendo ser aplicado em qualquer tipo de aplicação financeira. É preciso entender sobre como o mercado financeiro funciona.

É fundamental entender sobre a volatilidade, quais os principais tipos de ativos e criptoativos, quais deles estão dentro do conceito da antifragilidade e muito mais!

Como o mercado financeiro está em constante transformação e evolução, estudar sempre é essencial. Hoje em dia, contamos com a vastidão da internet para encontrar conteúdos voltados para o assunto, mas também existem livros focados no mercado financeiro que valem a pena serem lidos.

Aceite a incerteza

Taleb, o criador e autor do livro em que aborda o conceito da antifragilidade, “Antifrágil: Coisas que se Beneficiam com o Caos”, retrata a importância de ler, se informar e ter conhecimento, como falamos acima.

Mas, ao mesmo tempo, o autor destaca que é preciso realizar análises antes de tomar suas decisões. Assim, é preciso aceitar que as incertezas existem e, inevitavelmente, estão presentes em diversos momentos em que você realiza seus investimentos. E é totalmente normal. 

A recomendação é que você nunca acredite e nem aceite que está sempre no controle de situações. Mantenha agentes estressores no nível máximo e tenha humildade para enfrentar os desafios que venham a cruzar seu caminho.

Além disso, reconheça que você não pode controlar a forma como o mercado age e se modifica. Ao entender a volatilidade do mercado, você pode – e deve – preparar seus investimentos para as incertezas e riscos aos quais você estará exposto.

Foque em diversificar a sua carteira e torná-la antifrágil

Já deu para entender que a chave para trazer a antifragilidade para seus investimentos está na diversificação da sua carteira. Claro, tudo dependerá do seu perfil de investidor e de quais as estratégias que serão utilizadas a curto, médio e longo prazo.

Mas, mesmo que você seja o investidor mais conservador na face da terra ou o mais arrojado do mercado, é interessante proteger seu patrimônio de riscos específicos, permitindo que ele cresça cada vez mais e de forma consciente no futuro.

Não deixe de olhar além de apenas os ativos de renda fixa e de renda variável. Por exemplo, você pode investir em fudos de ouro ou de dolar, uma vez que eles podem aumentar seus rendimentos em momentos de instabilidade do mercado financeiro e desvalorização da nossa moeda, uma vez que são considerados reservas de valor.

Mantenha o foco no longo prazo

Quando você aplica a antifragilidade em seus investimentos, é possível ganhar em momentos de crises e prever a manutenção do olhar a longo prazo. Quando você possui uma postura antifrágil, não se abala diante das instabilidades do mercado.

Mas, para que isso seja colocado em ação, você precisa desenvolver cada vez mais a sua capacidade de analisar e observar as tendências futuras do mercado e o que está por vir a longo prazo.

Caso a imprevisibilidade atinja seus investimentos, você consegue se atentar a medidas que podem ser colocadas em prática para aproveitar o cenário caótico e maximizar seus ganhos.

Entretanto, ao focar no longo prazo, é preciso resistir à tentação de, no primeiro sinal de ganhos em momentos de crise, querer resgatar os valores de forma antecipada. Quando você foca apenas no curto prazo, tende a ter menos ganhos e pagar mais tributos e encargos. É no longo prazo que o “pote de ouro no fim do arco-íris” se encontra!

Hoje em dia, para que você possa realizar bons investimentos, não precisa ter um grande patrimônio, um negócio multimilionário, ganhar na loteria ou ter uma herança.

Dentro das possibilidades de cada perfil de investidor, todos podem fazer parte do mundo dos investimentos. E, quando você aplica o conceito da antifragilidade em seus investimentos, pode maximizar cada vez mais seus ganhos!

Quer saber mais sobre o universo da tokenização, dos criptoativos e investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

Outros artigos

FIDC e TIDC: diferenças de estrutura, custos e funcionamento | Alexandre Freitas

Neste vídeo, Alexandre Freitas explora os detalhes do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), como ele é regulamentado pela...

05/07/2024

Saiba mais
O que é alavancagem financeira; O que é alavancagem financeira para empresas; Benefícios e riscos da alavancagem financeira para empresas; O que é alavancagem financeira para investidores; Benefícios e riscos da alavancagem financeira para investidores; O que é Grau de Alavancagem (GAF); Empresas alavancadas; Investidores alavancados

O que é Alavancagem Financeira para empresas e para investimentos

A alavancagem financeira é um conceito fundamental tanto para empresas quanto para investidores, oferecendo a possibilidade de ampliar ganhos...

02/07/2024

Saiba mais

Glossário da economia tokenizada: Sopa de Letrinhas

Confira o nosso Glossário por ordem alfabética para entender os principais conceitos, instrumentos de investimento e tecnologias do mercado...

25/06/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.